O Diabo: Significado no Tarot

O diabo no tarot é uma carta icônica. Sentado no seu trono, com sua cabeça de bode, asas de morcego, tronco feminino e pernas masculinas, carregando seu tridente. No seu pé, um casal de Amantes encontra-se preso por correntes que, num primeiro olhar, mostram que são escravos mas, depois de uma análise mais completa, vemos que as correntes estão levemente soltas. Além disso, o bode parece estar sorrindo!

O desenho assusta. Desde pequenos somos ensinados a temer o diabo, como representante máximo da maldade e de tudo que é ruim, mas, será que ele deve ser temido? Será que o símbolo do medo e da maldade só ganhou essa interpretação de forma errônea influenciada por terceiros?

Talvez a carta nos ajude com esse olhar histórico. Talvez não.

Como definir o Diabo no Tarot?

Já ouviu aquela expressão de que o Diabo só existe nas nossas cabeças? Então, essa carta representa bem isso. Mas vamos por partes.

Primeiro vamos falar da figura do “diabo” em si, que nada mais é do que o Baphomet, uma representação simbólico de todos os preceitos mágicos em um só ser. Lembrando que, magia não é boa nem ruim, mas sim um equilíbrio entre energias. Sabe o símbolo do Yin e Yang? O Baphomet é, resumindo bem e correndo risco de cometer erros, sua versão em esteróides. É uma união de extremos mágicos: daí o seu lado mais andrógino; de estar relacionando um animal de terra (o bode) com as asas de morcego (ar); o fato de estar apontando para cima e para baixo (as above, so below – preceito hermético) e vida que segue. Vale a pena dar uma olhada na figura do Baphomet e tentar entender melhor sua história.

Óbvio que, ao escolher uma figura para representar o “inimigo”, a igreja escolheu uma das figuras mais utilizadas. É a mesma coisa que pegar uma figura cristã de sucesso hoje em dia, como a Cruz, e transformar ela num símbolo de terror e maldade. Com o tempo, o símbolo perde seu significado original. Mas não no tarot. O diabo precisa estar presente na sua forma ideal: como representante da dualidade, das energias positivas e negativas. O diabo é o cara que te lembra que você deve seguir seu caminho “espiritual”, de conhecer a si mesmo, mas também pode seguir um caminho mais animal, seguindo seus impulsos sexuais e conscientes.

O diabo no tarot representa essa dualidade na nossa cabeça e nas nossas atitudes. Somos profanos e divinos ao mesmo tempo. Buscamos ser pessoas melhores mas no fim de semana enchemos a cara e vamos pra festas. O diabo nos lembra que existe um mundo além dessa vida, mas que, apesar disso, viver aqui também é importante.

E é nessa lembrança que vive o perigo: podemos ficar presos, acorrentados em nossas próprias correntes, como os dois Amantes, justamente por não entendermos que devemos ser igual ao diabo, vivendo em equilíbrio constante.

Qual o significado do Diabo no tarot?

Geralmente o Diabo no tarot surge em algum momento onde você está prestes a ficar preso numa dessas armadilhas da sua cabeça, achando que nada da certo e que está numa onda de negatividade. Por vivermos na sociedade em que estamos, é uma carta frequentemente associada ao materialismo do dia a dia e os vícios comuns a isso: gula, sexo, álcool, entorpecentes, televisão, escolha o seu. O surgimento do tarot é um bom indicativo de quando você tem que se libertar de alguma corrente que você botou em volta do seu pescoço, e que está frouxa para ser quebrada.

Embora seja associado mais a esse lado do materialismo, é importante lembrar da dualidade do Diabo. E aí vai uma visão 100% minha: talvez você não esteja com um vício no lado material, mas sim no lado “espiritual”. Muitas vezes o caminho para se descobrir também exige momentos de calmaria, onde você deve parar e fazer coisas “profanas”.

palavras-chavevício, sexualidade, materialismo, desapego, libertar-se, escravidão, impulsos que nos machucam, liberdade de espírito, anarquia, ser mal interpretado

Você pode conferir alguns exemplos da carta O Diabo na galeria abaixo:

Follow Board 15 – O Diabo

3 comentários sobre “O Diabo: Significado no Tarot

  1. Sou aprendiz de tarot. Fiz uma tiragem para mim mesma, 3 cartas nessa ordem o pendurado, a imperatriz e diabo. A questão posta foi se ele irá entrar em contacto comigo. Entendi como sendo negativa a resposta. Pode me esclarecer? Gratidão!

    1. Oi Jurema, tudo bom?

      Perguntas de Sim e Não são sempre bem mais complexas de interpretar em uma leitura de cartas. O ideal, nesses casos, é sempre tirar uma carta só e ver se a leitura faz sentido.
      Mesmo assim, baseado nas minhas experiências pelo menos, sempre evito esse tipo de pergunta.
      Toda pergunta de sim e não representa uma situação maior que você quer saber como vai se desenrolar. Tente tirar 3 cartas (passado – presente – futuro) e entender com essa leitura como a situação está se desenrolando. Acho mais proveitoso, na minha visão! 🙂

      Grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *